quarta-feira, junho 13, 2007

disciplina = sucesso

Faz muito tempo que percebi 2 coisas.
A primeira é que somente com disciplina é possível ter sucesso em um plano. Emagrecer, passar num concurso e muitas outras coisas. Não importa se é pelo regime da sopa, herbalife, Vigilantes do peso, nutricionista..... só é possível obter sucesso se a pessoa tiver disciplina.
A segunda coisa que percebi é que eu não tenho disciplina.
Às vezes tento entender como consegui terminar a faculdade. Tenho obtido 2 respostas: A primeira e mais importante é a mão de Deus que sempre esteve me sustentando, a segunda é que eu não abandonei tudo mais por medo do que por disciplina. Tinha medo de desistir e depois me sentir péssima e me arrepender, tinha medo de não ver mais opções a escolher. Tinha aquela opção no momento, que me parecia única, então me agarrei à ela, e sempre que começava a escorregar tentava de alguma forma me agarrar de novo.
Este é o primeiro ano da minha vida que eu estou num trabalho remunerado. Tem dias (e são muito frequentes esses dias) que eu penso em faltar, em ficar em casa, em desistir de sair da inércia e ir trabalhar. Às vezes eu penso que seria mais fácil eu simplesmente não fazer nada e deixar o tempo passar. Por que eu vou trabalhar? Porque no fundo eu sei que será bem pior se eu não for. É novamente mais uma questão de medo do que de disciplina.
E a dieta? Eu deveria ter medo de não fazer, meu médico já deu um ultimato pra eu emagrecer por causa de hernias na coluna. Metade da família do meu pai morreu de doenças causadas por alimentação desregrada. Por que eu não tenho medo? Não sei...
Eu acho isso tudo muito estranho e triste. Queria ter disciplina.
Peço disciplina pra Deus assim como um cego pede pra enxergar, um aleijado para andar. Um milagre, algo que não consigo fazer sozinha.
O que vc diria para uma pessoa que não tem pernas andar? "Vamos lá! força! vc consegue!"? Eu sei que é exagero, mas sinto que assim como não está ao alcance do aleijado conseguir andar, parece que não está ao meu alcance ter disciplina.
Mas até para o sem pernas existe uma possibilidade de andar, se ele tiver fé.

4 comentários:

Elizabeth disse...

Oi Nanda! Interessante este post. MInha amiga, a fé é tudo, mas não podemos nos fixar somente na fé em Deus. Tenho fé incondicional e inabalável em Deus, mas Ele mesmo quer que a gente tenha fé imensa em nós mesmos! Faz parte da fé em Deus, CRER INCONDICIONALMENTE que ELE NOS DOTOU DE CAPACIDADE P/ VENCERMOS DIFICULDADES, SUPERARMOS BARREIRAS, ENXERGARMOS AS COISAS COM OLHOS DE VER E CUIDARMOS DELA DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL. Ele no comando, mas nós como aprendizes, sempre fazendo nossa parte. Não adianta pedir a Deus que nos emagreça, porque Ele nos dotou de condições para nós nos ajustarmos onde for preciso p/ conquistarmos este objetivo. Não seríamos nada, diante dele, se precisássemos sempre do milagre "com cara de mágica". Pedir disciplina a Deus é na verdade pedir a Ele que nos ilumine a mente, fortaleça a nossa fé em nós mesmos e assim nós pensaremos melhor, identificaremos melhor as necessidades e os caminhos, ACREDITAREMOS na nossa capacidade e quem acredita, faz de um jeito melhor. Quem não acha que pode ter sucesso em um empreendimento, quem acha que não é capaz de concluir alguma coisa, não começa ou começa e nãoleva adiante.
O cego pede para enxergar, nem sempre o milagre acontecerá, por que? Certamente, não será por maldade de Deus, que é bom e misericordioso. Mas porque ao cego sem cura é preciso, por algum motivo que não sabemos mas Deus sabe, enxergar sem os olhos, aprender a conduzir sua vida com aquela deficiência, mas desenvolvendo-se em outros sentidos, acreditando que é possível seguir a vida feliz, como tantos fazem. Não vendo as dificuldades da cegueira (que são muitas, sem dúvida) como impedimento para continuarem na batalha. A quem não tem pernas, se acredita em si mesma e se tem uma vontade imensa de andar, haverá de surgir uma luz, uma idéia, uma ajuda, uma força que o fará se locomover de outro jeito, sempena de si mesmo, por mais que preferisse, naturalmente, estar inteiro.
Sempre haverá de ter um jeito.
A disciplina é algo que só conseguimos ter se nos determinarmos a ter. Ela não cai do céu, ela é fabricada em nós, por nós.
Falo porque não sou a rainha da disciplina e, na questão do emagrecimento, foi preciso trabalhar isto dia após dia, minuto após minuto. Falhei muitas vezes, acertei outras tantas e quando venci a parada, foi porque a cada dia, renovei a fé em mim mesma, crendo que ter fé em mim é reafirmar a fé em Deus, pois quem me dotou de capacidades foi Ele.
Entendeu, amiga?
Sei que não é moleza, muita gente ao me ler pensa que tudo é mais simples para mim, e não é. Apenas procuro me ver sempre mais forte e maior do que barreiras, principalmente as que eu mesma muitas vezes coloco sem notar. Falhou minha disciplina, engordei um pouco como você sabe. Retomei a disciplina, embora ainda capengando um pouquinho, já vejo resultados. Então, o que escolho? Manter a disciplina. Ela é novamente trabalhada a cada momento. Não acordamos disciplinados, só porque queremos. Acordamos DISPOSTOS A FAZER DE CADA MINUTINHO DO DIA um minutinho melhor, através da disciplina que acreditarmos sermos capazes de ter. Se falharmos num minuto, temos o seguinte para ajustar.
Confie em si minha linda, tenha fé em si mesma. Você já se aprimorou muito, já é outra Fernanda, sabia? Vá em frente, dará tudo certo.
E não será por medo de adoecer, embora isto deva ser um ponto de atenção. Será por AMOR por si mesma, este que você vai trabalhando para fortalecer a cada dia.
Conte comigo, minha amiga.
Beijos
Beth
http://aconquista.zip.net

Sandra disse...

O fato é que todos nós somos, potencialmente, seres excepcionais. Mas não realizamos esse potencial. Por que? A resposta, também neste caso, é simples: não queremos aceitar o fato de que, para alcançarmos o que desejamos, temos que ser disciplinados.

Quantos de nós sonham em ocupar uma melhor posição no trabalho? Muitos, não? Mas quantos desenvolvem uma estratégia para isso e, mais importante, executam essa estratégia? Poucos, não é mesmo?

E esse é ponto básico de nossa newsletter de hoje: sem disciplina, você nunca irá a lugar nenhum. O atleta de músculos perfeitos tem que encarar horas e horas de exercício, disciplinadamente. O cientista que descobrir a vacina contra a AIDS terá passado horas e horas trancafiado em um laboratório, disciplinadamente. Todos os que chegaram, estão chegando ou chegarão ao sucesso terão que, de alguma forma, exercer uma enorme força de vontade, e impor uma disciplina rígida a si mesmos.

COMO FAZER?

No entanto, algumas pessoas acreditam que essa disciplina é, em si mesma, um dom. Quanto a isso, tenho boas notícias. Não é verdade. Disciplina se aprende. E, como um músculo, pode ser treinada. Veja como:

1 - Acabe com as desculpas.

Seres humanos são especialistas em desculpas, e em encontrar bodes expiatórios. O fato de que a situação não está boa, ou de que fulano fez algo que o boicotou não é razão suficiente para que você deixe de fazer todo o possível para ter sucesso e ser feliz.

Lembre-se que cada vez que você atribui um dos seus problemas a uma instituição ou a uma pessoa, você abre mão de seu único poder: o poder sobre si mesmo. Algo ou alguém podem realmente ser a origem dos seus problemas. Mas a solução deles só terá uma origem: você. Portanto, deixe de lado "eles" e o possível mal que lhe causam ou causaram. Pense em como você irá evoluir e vencer.

2 - Comece devagar.

Nenhum campeão de halterofilismo começou levantando 200 quilos. Nem você vai se transformar no que quer ser em um dia. Você também não irá conseguir ser um exemplo de disciplina em apenas um dia.

Mirar alto é bom e é necessário. Mas o sucesso é a soma de pequenos passos. Como um atleta em treinamento, você começará andando, depois andando depressa, depois correndo.

Estabeleça metas modestas - manter seus papéis organizados, ou responder a todos os telefonemas que deve responder. Quando estiver bem treinado, exija mais de si. Como um músculo que se torna mais forte, a disciplina irá se tornar um hábito cada vez mais arraigado a cada vitória sobre si mesmo.

3 - Não há exceções

Uma vez que tenha estabelecido sua meta inicial de disciplina, não faça exceções. Quando começamos a fazer exceções, as exceções se tornam a nova regra. E o seu objetivo vai por água abaixo. Por isso que é preciso começar aos poucos, com coisas que você seja efetivamente capaz de fazer.

4 - Não se considere um messias ou um mártir

Não existe nada mais incomodo do que um ex-fumante que se dedica a "converter" os fumantes na sua campanha contra o fumo. Da mesma forma, O fato de você ter optado por ser uma pessoa disciplinada - e portanto vencedora - não significa que, a partir de agora, você irá exigir que todos ao seu redor vivam pelos seus novos parâmetros.

Também não significa que você irá cumprir as tarefas que se impôs como se fossem uma cruz que carrega. Afinal, se você mantiver os olhos no horizonte, verá sempre a meta que tem à frente. E a disciplina diária será apenas um hábito que incorporou para chegar a essa meta. Portanto, faça um favor a si e aos que vivem com você - faça também da alegria uma nova disciplina.

sandra.neves@planejamento.gov.br

Anônimo disse...

NANDA, SOU IGUALZINHA A VOCÊ, SERÁ QUE SOMOS IRMÃS?????AUAUAUAUAUAUAU.TAMBÉM NÃO CONSIGO ME DISCIPLINAR, JÁ TÔ FICANDO ATÉ APAVORADA...NÃO SEI MAIS O QUE FAZER... EU TENTO , TENTO,TENTO E NÃO CONSIGO ENTRAR NO EIXO...
BEIJOS

mickaios disse...

Oi Nanda, acabei achando seu post pq pesquisei na net como se disciplinar. Muita gente estão no mesmo caminho. Li sobre o que escreveu referente a facul e passou um filme igual na minha cabeça(hehe), enfim, acabei encontrando dicas legais nesse blog. Estão me ajudando, espero que te ajude tb. O site é:

http://www.tomajeito.com.br/2008/01/como-ter-disciplina.html